Galinhas são inteligentes e sentimentais, aponta estudo

130

Um estudo realizado recentemente por cientistas da Universidade Emory, nos Estados Unidos, mostra que as galinhas são subestimadas: ao contrário do que se pensa, elas são inteligentes e habilidosas. “Elas são retratadas como menos inteligentes que os outros animais”, aponta a cientista Lori Marino, autora do estudo. “A própria ideia de existir um estudo psicológico de galinhas é bizarro para a maioria das pessoas.”

Na pesquisa publicada no periódico Animal Cognition, Marino revela que as galinhas têm personalidade própria e que exibem padrões complexos de interação. As informações são corroboradas por estudos anteriores. Um deles, inclusive, constatou que as aves têm uma noção de números.

No experimentos

Pintinhos nascidos há cinco dias foram apresentados com duas pilhas diferentes de objetos. Segundo os pesquisadores, os bichinhos conseguiram identificar qual delas era a maior e qual era e menor.

As galinhas também se comunicam de forma interessante: o repertório delas conta com vários movimentos e gestos, bem como cerca de 24 sons diferentes, muitas vezes utilizados para alertar perigo. De acordo com Marino, esse tipo de interação exige que os animais tenham consciência da perspectiva delas mesmas e das outras. Elas possuem ainda um ótimo poder de dedução, conseguindo antecipar os movimentos umas das outras.

O estudo ressalta ainda que as galinhas sentem medo, antecipação, empatia e ansiedade que essas emoções influenciam na forma como elas agem.

Fonte: Revista Galileu